herança

Quando vi, não acreditei.
Tremi de tanta raiva, mas silenciei meu choro.
O impulso era de voar distribuindo todos os socos que meu corpo
conseguisse desferir por segundo na parede. ou nele. ou nos dois.
Dei meia volta, fui até o ponto mais próximo e tomei o primeiro ônibus que ia
até a casa do meu tio Chico.
era o único lugar que me veio a cabeça.
Contei a ele da traição. E que aquela dor tinha grudado no meu peito.
era algo ruim, misturado com tristeza, ódio e desgosto.
ele me abraçou, e não pude conter aquele monte de lágrimas que escorria nas minhas bochechas
Eu não sabia o que fazer, ou para onde correr.
então, ele me sentou na sala e foi até o vaso de planta perto da lareira.
pegou cinco sementes de girassol e as estendeu na minha mão.
cada semente representava uma mulher da minha vida.
a primeira é a mãe,
aquela que te ensinou a base da vida, que morreria por mim e que nunca poderia esquecê-la
a segunda é a irmã,
significa a irmandade, ter o amor e a fraternidade de ter um ombro amigo para onde correr quando tudo se tornasse difícil
a terceira é a esposa,
que já faria minha mente projetar sonhos, mudaria o conceito de família, que passou todas as situações ruins ou boas, e que ainda me ensinaria (sim) o que é amor
a quarta é a sogra,
logicamente a sábia e abençoada que colocou a amada no mundo e se não fosse ela a terceira não iria existir, algumas se tornam uma segunda mãe
a quinta é filha,
será a princesa que você irá cuidar e proteger, amando e dando a melhor atenção possível,
para que quando chegar a hora, ninguém ousar tratá-la diferente de como ensinou
me disse que a vida é um mundo tão grande que não cabia na palma da mão como aquelas sementes, mas se
eu cuidasse delas faria o mundo do tamanho da minha alegria

"você é muito jovem agora, deixe doer.
serão tantas que passarão por você, que chegará
a ser difícil classificar
mas não se esqueça dessas cinco mulheres
elas farão sua vida mudar".



Comentários

Postagens mais visitadas