a diária


Senti e fui lá, fui e fiz por uma vez. Mesmo que você não quisesse. Eu fui lá e fiz, mais uma vez. E faria mais uma vez, e quantas vezes eu pudesse. Só pra lembrar daquele tempo que faria tudo para voltar naquela vez. Lembrei daquela chance que pedi e você não deu. De como você arriscou tudo e mais um pouco. E na sequência me perdeu. Esvaziou. Morreu. Não sei como me esqueceu. Te tenho na mente e te trago aqui. No coração. Trago no pulmão para ver se me esqueço. Das palavras parecidas com algo "não te mereço". Você pedia para eu ter coragem e corajoso eu fui demais. Você pedia para eu ter paciência e paciente eu fui demais. Você pedia para eu te dar espaço e astronauta eu fui demais. Eu fui mais, do que eu sabia que eu podia até não aguentar mais. Esperar você se decidir se era isso mesmo que queria. Avistei todas as cenas que eu evitei em avistar. Isso, foi todo dia. Sempre na esperança de você ver que, do seu lado era o meu lugar. Que agonia. Sentar na roda com os amigos e não poder te ter. Assim como você me tinha. Claro, você sabia. A diferença era que não queria assim como eu queria. Todo mundo já sabia. Hoje é dia dos namorados. Deixei, pra você, uma rosa na portaria.

Respirei.

Levantei.

Sai, fui lá e tentei.

Parecia que não seria, mas não é que consegui? Um lugar novo para eu me abrigar. Que não me faça mais lacrimejar. Nem chorar. Nem desabar. Por alguém que não quer ficar. Que não quer me acompanhar. Agora é diferente. Essa sabe me completar. Ela me faz sorrir. Ás vezes eu a faço corar. E ela só quer me acompanhar. Outras me beijar. Completar não precisa. A gente só precisa transbordar. Espero que não veja isso, e sinta-se culpada. A culpa não é sua, por não querer naquele tempo. A culpa não é sua por não querer nunca mais. Não se culpe por não querer. Se culpe por não tentar. Se culpe por deixar escapar. Uma chance. Uma pessoa. Uma vida. Um perdão. Um coração. Machucado. Ferido. Magoado. Quebrado. Ninguém vive de saudade. A gente vive é de amor, focado em quem quer a gente. Do jeito que a gente se sente.

Leve.

Presente.

Vivo

e consciente.



Comentários

Postagens mais visitadas